• banner-relogio

    banner-relogio
  • Mato Grosso, 25 de junho de 2017
    (65) 8137-1324
  • Cotação:

    agronegocio

    14/06/2017 - 17:44

    Cadeia da carne bovina enfrenta bem os desafios e segue em crescimento

    POR: TEXTO COMUNICAÇÃO CORPORATIVA
    Reprodução

    Reprodução

    A oscilação dos preços da arroba do boi gordo nas últimas semanas não tira o ânimo dos empresários da cadeia de carne bovina do Brasil. Os investimentos em genética, sanidade, bem-estar animal, nutrição, rastreabilidade, pastagens, maquinário e gestão seguem em bom ritmo. “A cautela existe, mas o Brasil é um gigante e a pecuária é uma atividade muito importante para o país, inclusive em produção de alimentos para atender à demanda interna e exportação”, explica Flavia Roppa, diretora da BeefExpo 2017, o maior evento indoor da cadeia da carne bovina da América Latina, realizada entre 6 e 8 de junho, em São Paulo.

    Além de discussões para a cadeia da produção pecuária, a BeefExpo 2017 teve programação repleta de palestras e workshops sobre os mais importantes temas para a atividade, exposição comercial com mais de 50 empresas dos vários segmentos da atividade, entrega do prêmio de Personalidades da Pecuária e uma completa agenda para os apaixonados por carnes, com workshop de mestres churrasqueiros e o BBQ Secrets Festival, que teve desafio de churrasqueiros.

    “A BeefExpo 2017 atingiu nossos objetivos. Nesse momento especial da economia brasileira, o evento teve como foco o fomento e o debate sobre a carne brasileira, uma atividade extremamente forte e diversificada. Não podemos esquecer que o agronegócio brasileiro é um dos principais pilares de sustentação da balança comercial brasileira e a pecuária de corte representa 30% desse setor”, destaca Flavia Roppa.

    Os visitantes da BeefExpo 2017 tiveram à disposição a apresentação comercial de dezenas de empresas da cadeia da carne, incluindo saúde animal, nutrição animal, equipamentos, produtos, serviços, entidades de classe, programas de melhoramento genético, empresas de genética e outros segmentos. “Nossa principal negócio são balanças e troncos. E temos como estratégia estar presente nos mais importantes eventos da pecuária. Estar na BeefExpo 2017 foi reforçar o nosso apoio à cadeia produtiva”, diz Paulo Dancieri Filho, diretor-superintendente da Coimma Balanças.

    Uma completa e diversificada programação de workshops também atraiu a atenção dos visitantes. Em quatro auditórios, especialistas discutirem os temas mais importantes da cadeia da pecuária, incluindo gestão, inovação e mercado. A Associação Brasileira de Marketing Rural e Agronegócio (ABMRA) aproveitou a BeefExpo 2017 para apresentar em primeira mão os resultados da 7ª Pesquisa Hábitos do Produtor Rural ABMRA aos pecuaristas e profissionais da cadeia da carne. “O campo é forte e passa por um momento especial de transformação, com maior presença dos jovens nas propriedades rurais e inclusão consolidada das mulheres na gestão das fazendas”, explica Ricardo Nicodemos, diretor de Pesquisa da ABMRA.

    Boehringer Ingelheim, DSM Tortuga e Dow coordenaram a agenda do auditório +@/ha/ano, com palestras para destacar a
    importância da produção de mais arroba por hectare/ano, e as estratégias dos pecuaristas para aumentar a produtividade alinhada com bem-estar animal e sustentabilidade. Nomes como Antonio Chaker, consultor e coordenador da Inttegra, Ivan Wedekin, consultor e comentarista dos programas “Mercado & Companhia” e “Rural Notícias” do Canal Rural, discorreram sobre temas como: Regras das fazendas campeãs de resultado, liderança e gestão, mercado e preços da arroba. Paulo Colla, gerente de trade e demanda da BI Saúde Animal, destacou a importância na aplicação adequada das vacinas bovinas.

    Importantes personalidades da pecuária foram premiados pelos serviços prestados em prol da atividade. Rubens Catenacci, o “rei” do bezerro precoce, e Valdomiro Poliselli Jr., das carnes VPJ, estavam entre os homenageados. “Trabalhamos em prol do fortalecimento da cadeia da carne bovina. Essa premiação é muito importante para valorizar exemplos de sucesso em uma atividade tão essencial para a economia brasileira”, diz Poliselli Jr.

    Sob a batuta do especialista Roberto Barcellos, o 1º Salão Brasileiro das Carnes teve palestras sobre técnicas de produção de carne de qualidade e workshop com mestres do churrasco. “Os pecuaristas produzem o que querem, mas isso não é o que o consumidor deseja. Só com informação e gestão a cadeia caminhará para a perfeita integração entre produção e consumo”, explica Barcellos.

    O ponto alto da carne bovina foi o BBQ Secrets Festival, que reuniu cerca de 300 apaixonados por carne para acompanhar competição gastronômica e degustar cortes preparados por oito renomados churrasqueiros. “Precisamos evoluir muito na produção de carne bovina de qualidade. Mas caminhamos bem nessa direção, a partir da melhoria da genética de um lado e, especialmente, pelo aumento da demanda pelos consumidores, que impulsiona o setor produtivo”, esclarece Luciano Pascon, CEO do Frigorífico Frigol.

  • Ultimate SWF Flash Display Widget

    Get Adobe Flash player
  • COMENTE

    Os comentários estão desativados.